Faltam -107 dias para o 13º Intereclesial CEBs!!!

DOCUMENTO DO PAPA FRANCISCO AO 13º INTERECLESIAL DAS CEBs

13/01/2014 - notícias - Criado por: Pe. Jose Marins e Ir.Teolide Maria Trevisan (Teo)

Mensagem do Papa Francisco ao 13º Intereclesial das CEBs

1. Queridos irmãos e irmãs,
2. É com muita alegria que dirijo esta mensagem a todos os...
3. participantes no 13º Encontro Intereclesial...
4. das Comunidades Eclesiais de Base, que teve lugar entre os dias 7 e 11 de janeiro de 2014, na cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará, sob o tema “Justiça e Profecia a Serviço da Vida”.
5. Primeiramente, quero lhes assegurar as minhas orações para que este Encontro seja abençoado pelo nosso Pai dos Céus, com as luzes do Espírito Santo que lhes ajudem a viver com renovado ardor...
6. os compromissos do Evangelho de Jesus no seio da sociedade brasileira.
7. De fato, o lema deste encontro “CEBs, Romeiras do Reino, no Campo e na Cidade” deve soar como uma chamada para que estas assumam sempre mais o seu importantíssimo papel na missão Evangelizadora da Igreja.
8. Como lembrava o Documento de Aparecida,
9. as CEBs são um instrumento que permite ao povo “chegar a um conhecimento maior da Palavra de Deus, ao compromisso social em nome do Evangelho, ao surgimento de novos serviços leigos e à educação da fé dos adultos” (n.178). E recentemente,
10. dirigindo-me a toda a Igreja, escrevia que as Comunidades de Base
11. “trazem um novo ardor evangelizador e uma capacidade de diálogo com o mundo que renovam a Igreja”,
12. mas, para isso é preciso que elas “não percam o contato com esta realidade muito rica da paróquia local e que se integrem de bom grado na pastoral orgânica da Igreja particular” (Exort. Ap. Evangelii gaudium, 29). 13. Queridos amigos, a evangelização é um dever de toda a Igreja, de todo o povo de Deus: todos devemos ser romeiros, no...
14. campo e na cidade, levando a alegria do Evangelho a cada homem e a cada mulher.
15. Desejo do fundo do meu coração que as palavras de São Paulo: “Ai de mim se eu não pregar o Evangelho” (I Co 9,16) possam ecoar no coração de cada um de vocês!
16. Por isso, confiando os trabalhos e os participantes do 13º Encontro Intereclesial das Comunidades Eclesiais de Base à proteção de Nossa Senhora Aparecida,
17. convido a todos a vivê-lo como um encontro de fé e de missão, de discípulos missionários que...
18. caminham com Jesus, anunciando e testemunhando com os pobres a profecia dos...
19. “novos céus e da nova terra”,
20. ao conceder-lhes a minha Bênção Apostólica. Vaticano,
* 17 de dezembro de 2013.

I - HERMENEUTICA – O QUE FRANCISCO NOS QUIS DIZER.
O documento do Papa ao 13º Intereclesial das CEBs merece hermenêutica (interpretação) e exegese (análise) mais detalhadas.
Em primeiro lugar, e fundamentalmente, é um texto Missionário. Todo ele elaborado na perspectiva da missão evangelizadora da Igreja. Diz, de diferentes modos, que a CEB não faz um trabalho missionário, entre outros. Ela é uma comunidade missionaria e uma missão comunitária.
Imediatamente se adverte que o documento nos inunda com um “perfume” característico e intenso de alegria, confiança, amizade e não de correções ou suspeitas. É um escrito que anima a fidelidade e a criatividade de uma Igreja que com os pobres arranca na perspectiva do Reino.
# Note-se que a mecânica de trabalho vai depender de referir-se ao texto Papal, a cada momento, segundo os números das 21 linhas que foram assim enumeradas (veja-se o Texto inicial e os seus respectivos números).
Sublinhamos como linhas básicas:
1) A CEB é um acontecimento missionário: 8 ,12,16, 19
2) Discipulado missionário, com Cristo num encontro de fé e missão: 19
3) Anunciando e dando testemunho: 19
4) “Com os pobres” : 19 (portanto, não “para” eles, mas “com” eles. Os pobres são também sujeitos.
5) Vivendo com renovado ardor os compromissos do Evangelho: 6,7
6) No seio da sociedade brasileira (justiça e profecia a serviço da vida:7
7) Dialogando com o mundo: 12;
8) Levando-lhe a alegria do Evangelho: 15
9) As CEBs renovam a Igreja :12
10) Objetivo- Novos céus e nova terra; 20
NÃO PODE FALTAR NAS CEBs:
a. Palavra de Deus: 10
b. Compromisso social; 10
c. Educação da fé dos adultos; 10
d. Novos ministérios leigos: 10
e. Ser as pequenas comunidades, que constituem a paroquia local: 13. Em harmonia com a pastoral orgânica da diocese. 13

II - DETALHES REVELADORES NO TEXTO PAPAL (EXEGESIS)
1) Linguagem inclusiva em dois lugares: 1, 15
2) Igreja e todo o povo de Deus,há uma distinção (nas estruturas atuais da Igreja não estão todos os membros do Povo de Deus). A distinção não significa monopólio da Igreja. Deus tem muitos caminhos: 8
3) Apoio papal às CEBs é fortemente expresso: suas orações :6; Benção do Pai; luzes do Espírito Santo, proteção de Maria: 6,17.
4) Diz explicitamente “alegria” (não medo, suspeita ou indiferença) em relação às CEBs:2
5) Diz: “queridos amigos”:14; “Queridos irmãos e irmãs”: 1
6) Retoma Aparecida e o que ela apoia sobre as CEBs :9. E o que o mesmo Papa Francisco disse em Evangelii Gaudium: 11
7) Reafirma que as CEBs renovam a Igreja: 12.
8) E para a sociedade :12
9) A serviço da vida: 5
10) Mantem o nome de Comunidades Eclesiais de Base: 4
11) Assume a posição do Brasil de nomear o evento como “Inter eclesial” (é uma diocese que aceita acolher as outras, e assume a convocação e a realização do encontro intereclesial, com a colaboração da Ampliada Nacional e o responsável na CNBB). Conscientemente se evita a nomenclatura de encontros nacionais (mais próprio dos movimentos que convocam oficialmente seus membros a nível nacional ou mundial): 3,17
12) Menciona que se supõe que as dioceses devem ter uma pastoral orgânica: 13

PARA REFLETIR:
A) Ao mesmo tempo que o texto recomenda: ““não percam o contato com esta realidade muito rica” (13); -... “ da paróquia local e que se integrem de bom grado na pastoral orgânica da Igreja”:(13). Deveria também deixar claro que a responsabilidade não deve ser só das CEBs, mas é muito mais, é da paroquia e da diocese, em acolhê-las e dar-lhes espaço pastoral. (- Muitas vezes são as ovelhas que se desgastam buscando ao Pastor e um lugar no aprisco)
B) É a primeira vez que um Papa participa de um intereclesial das CEBs, enviando uma mensagem de apoio.

13º Intereclesial de CEBs - @WebMail

Desenvolvido por: 7misto